Quanto tempo dura uma faculdade de pedagogia ead?

Para quem deseja ingressar em uma faculdade na área de educação, mas precisa conciliar os estudos com o trabalho, o curso de pedagogia ead costuma ser uma ótima opção por proporcionar autonomia e flexibilidade.

Isso porque, a modalidade de ensino a distância permite que você estude onde e quando quiser!

Então, para que você possa saber mais sobre o assunto, nós do blog Arte de Amadurecer, abordaremos como tema do texto de hoje o curso de Pedagogia ead.

Sobre a faculdade de Pedagogia a distância

Assim como na modalidade presencial, o curso de pedagogia a distância tem duração de 4 anos, divididos entre 8 semestres e carga horária média de 3.220h.

Durante este período, para que se possa desenvolver todo o aprendizado necessário para a profissão, o acadêmico terá contato com disciplinas diversas como História da Educação, Didática e Prática de Ensino, Escola e Sociedade, Fundamentos da Educação Pedagógica, Alfabetização e Letramento, Gestão Educacional, Orientação e Supervisão Educacional, Currículo e Planejamento da Educação Básica, Organização Didática dos Ensinos Fundamental e Médio, Educação de Jovens e Adultos, também conhecido como EJA, Políticas Educacionais, Educação Inclusiva, Direitos Educacionais de Crianças e Adolescentes, Empreendedorismo, Pedagogia em Espaços não Escolares, Filosofia, Psicologia, Educação Ambiental e Cidadania, Sociologia e Antropologia.

Além das matérias teóricas, provas e trabalhos que devem ser desenvolvidos durante todo o período do curso de pedagogia,  para conquistar o diploma, os acadêmicos ainda precisam cumprir horas de estágio supervisionado e produzir um trabalho de conclusão de curso – TCC, que tem como objetivo condensar a teoria vista durante os anos de estudo.

O que faz um pedagogo?

Ao se tornar um pedagogo, após concluir a faculdade de pedagogia, o profissional desempenha um papel essencial ao desenvolvimento humano e ao bom funcionamento da sociedade.

Prova disso é que uma das suas funções é trabalhar para garantir e aprimorar a qualidade da educação no país, seja dentro de sala de aula ou fora dela. Independentemente de sua atuação, cabe a ele transmitir o conhecimento e colaborar com a formação das pessoas.

O profissional que atua na área de educação infantil, por exemplo, trabalha com crianças de 0 a 6 anos. Nessa fase, ele tem uma função importantíssima no desenvolvimento integral desses alunos, tanto no aspecto cognitivo quanto no socioemocional e, em alguns casos, até mesmo no físico. É por esse motivo que o pedagogo faz toda a diferença na vida de uma pessoa.

A missão de quem trabalha com as séries iniciais também é igualmente importante e complexa. O profissional responsável por este nível de ensino deve saber guiar seus alunos nos processos de alfabetização, compreensão, interpretação e expressão, entre outros.

Já aqueles que atuam na educação de jovens e adultos têm a missão de integrar à sociedade e ao mercado de trabalho os indivíduos que, por algum motivo, não deram continuidade aos seus estudos ou não tiveram acesso à educação na infância ou adolescência.

Mercado de trabalho para os profissionais de Pedagogia

O profissional formado na faculdade de pedagogia a distância tem um grande leque de oportunidades de atuação. Engana-se quem acha que o pedagogo fica limitado a ser professor infantil. Confira algumas opções no mercado de trabalho para pedagogos tanto no ambiente escolar como também fora dele:

No Ambiente Escolar

Ensino: lecionar na Educação Infantil, nas cinco primeiras séries do Ensino Fundamental ou na alfabetização de jovens e adultos.

Educação Especial: desenvolver material didático e ministrar aulas para crianças e adultos portadores de necessidades especiais.

Orientação Educacional: dar assistência aos estudantes com o uso de métodos pedagógicos e psicológicos.

Coordenação Pedagógica: acompanhar, orientar e avaliar os professores, a rotina da escola e o processo de aprendizagem dos alunos.

Supervisão Educacional: orientar professores e educadores e avaliar seu trabalho, com o intuito de melhorar a qualidade do ensino.

Administração Escolar: gerenciar os recursos humanos, materiais e financeiros dos estabelecimentos de ensino.

Fora do Ambiente Escolar

Pedagogia Empresarial: desenvolver e implantar projetos educacionais culturais para empresas, ONGs e outras instituições.

Pedagogia Social: inserir a prática da educação, em espaços não escolares, como em igrejas, centros comunitários, asilos, presídios ou na assistência social á pessoas em situação de risco e abandono.

Pedagogia Hospitalar: implementar processos educativos de crianças e jovens internados.

Desenvolvimento de Materiais de Ensino: elaborar livros infantis e material didático para o Ensino Fundamental.

 

Principais áreas de atuação

A especialidade de atuação mais conhecida é em sala de aula, que vai desde a educação infantil – onde o pedagogo trabalhará com crianças de 0 a 6 anos de idade na primeira etapa da educação básica; séries iniciais – trabalhando com processos de alfabetização, desenvolvimento de formas de expressão e compreensão e interpretação da cultura; e finalmente a educação de jovens e adultos – destinada para os alunos que não tiveram acesso ao ensino regular na infância e adolescência. Neste caso a metodologia de ensino deve ser atrativa e completamente diferente do utilizado nas faixas etárias menores.

A segunda especialidade em o que profissional saído de uma graduação em pedagogia pode atuar é a administração escolar. Os cargos ocupados podem ser de supervisão, coordenação, orientação ou até mesmo direção escolar. Assim, o pedagogo será responsável pela gestão da educação da instituição, articulando e acompanhando a implantação de ações pedagógicas. Também irá zelar pelo desenvolvimento pessoal do aluno, oferecendo suporte à sua formação, com direcionamento dos valores morais e éticos.

Como terceira opção podemos citar a educação especial. O pedagogo que escolhe essa especialidade aplicará ações pedagógicas para aumento da boa interação dos alunos com necessidades especiais na sala de aula. É bom lembrar que são considerados estudantes com deficiência aqueles que possuem deficiência física, sensorial, mental ou múltipla, superdotação ou altas habilidades. Além de instituições de ensino públicas e privadas, também há possibilidades de atuação em organizações não governamentais (ONGs).

A próxima especialidade é a psicopedagogia, que estuda processos de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos. Essa área auxilia na identificação de dificuldades e transtornos que interferem na assimilação do conteúdo. O profissional deste ramo irá analisar o comportamento das pessoas utilizando conceitos de psicologia e antropologia como apoio. É possível atuar em hospitais, ONGs, centros comunitários ou até mesmo manter um consultório clínico.

Equipe de redação do Arte de Amadurecer

Cada integrante de nossa equipe carrega consigo uma valiosa coleção de experiências e habilidades singulares, culminando em um conjunto coeso que busca incansavelmente a excelência na criação de conteúdo. Nosso objetivo primordial é superar as expectativas, oferecendo aos nossos leitores uma experiência que não apenas enriqueça, mas também permaneça na memória.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

6 + 4 =