Psicopedagogia institucional: o que é e como atuar na área?

Se você tem curiosidade em saber mais sobre psicopedagogia institucional veio ao lugar certo. Neste post, vamos contar tudo sobre essa área que está ascensão e que possui grande demanda por profissionais qualificados. Então, leia o texto até o final para saber o que é psicopedagogia institucional e o que se aprende durante o curso de especialização.

O que é psicopedagogia institucional?

Podemos dizer que a psicopedagogia é basicamente um saber científico que une, principalmente, os conhecimentos da psicologia e da pedagogia. Porém ela não se resume a isso. A área é multidisciplinar e envolve ainda, conhecimentos sobre neurologia, psicolinguística e antropologia, dentre outras disciplinas.

Mas, falando mais especificamente sobre a psicopedagogia institucional, ela é a ciência que estuda o fenômeno da aprendizagem. Ou seja, o profissional habilitado na área precisa compreender o processo de aquisição de conhecimento para agir tanto no ato de aprender como no de ensinar. Por isso, esse é um segmento que vem ganhando destaque no meio da educação.

Dessa forma, entre as opções de atuação do profissional especializado estão as escolas, ONGs, centro comunitários, entre outros. E, para obter bons resultados na execução de suas responsabilidades, o trabalho da psicopedagogia na escola precisa abranger toda a comunidade escolar, como equipe pedagógica, professores, direção, pais, alunos e demais funcionários da instituição de ensino.

O que faz um psicopedagogo institucional?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a área, chegou a hora de falar sobre o que faz um psicopedagogo institucional. Esse profissional deve auxiliar a direção a implantar metodologias de ensino e práticas pedagógicas que beneficiam a qualidade do ensino oferecido aos alunos.

Para exercer essas atividades, os profissionais formados em pedagogia, psicologia ou qualquer licenciatura, precisam cursar uma pós em psicopedagogia institucional. Então, vamos conferir mais sobre esse curso de especialização na área da educação.

Pós graduação em psicopedagogia institucional EAD

Sendo assim, se você está interessado pela área de psicopedagogia institucional, precisa garantir a sua especialização nesse segmento. Afinal, há boas vagas no mercado de trabalho, mas apenas para profissionais qualificados. Por isso, vamos falar um pouco sobre a pós graduação em psicopedagogia institucional EAD.

Para começar, é preciso lembrar que essa especialização é destinada aos educadores das redes pública e privada, profissionais da educação, mas também, as demais pessoas que demonstrem interesse pelo tema. E o objetivo do curso é formar profissionais capacitados para detectar as causas das dificuldades de aprendizagem de alunos e encaminhá-los para processos educativos que lhe atendam numa visão interdisciplinar, ajudando-o a superar seus obstáculos educacionais.

Sendo assim, o profissional formado na pós graduação psicopedagogia institucional está pronto para enfrentar as dificuldade de aprendizagem em ambientes de ação pedagógica.

O que se estuda na pós-graduação?

A grade curricular, ou seja, a lista de matérias que serão ensinada durante o curso podem variar de acordo com a instituição de ensino. Porém, trouxemos abaixo um exemplo de grade. Assim, você pode ter uma ideia dos assuntos que farão parte do seu dia a dia de estudos. Confira logo abaixo:

  • Didática do Ensino Superior;
  • Novos Caminhos para Profissionais da Educação;
  • Teorias de Aprendizagem;
  • Diversidade na Aprendizagem de Pessoas com Necessidades Especiais;
  • Fundamentos da Psicopedagogia;
  • Introdução a Psicopedagogia.

Além disso, é importante lembrar que não há a obrigatoriedade do estágio supervisionado nos cursos de pós. Porém, caso o aluno queira, é possível solicitar a produção desse trabalho em algumas universidades.

Como escolher a melhor instituição de ensino

Sendo assim, se você chegou até aqui, já conheceu mais sobre a área e o curso. Dessa forma, vamos falar agora sobre como escolher a melhor instituição de ensino para iniciar a pós graduação psicopedagogia institucional. Sendo assim, o primeiro ponto é verificar se a faculdade é credenciada pelo Ministério da Educação (MEC). Afinal, é esse credenciamento que tornará o seu certificado válido e bem aceito pelo mercado de trabalho, quando você for procurar por vagas na área. Mas, não se preocupe é fácil e rápido descobrir essa informação. Basta acessar o site do MEC e pesquisar pelo nome da instituição em questão.

Depois de confirmar o credenciamento, você pode observar a grade curricular do curso, assim como, a listagem de professores. Outro ponto interessante é conferir a opinião de alunos e ex-alunos. Algumas instituições mantém alguns depoimentos no site institucional, mas você também pode verificar essa informação pelas redes sociais, principalmente pelo facebook e instagram. Vale conferir os comentários e avaliações, mas também, verificar qual é a postura da instituição para resolver possíveis problemas que possam surgir.

Outra dica é conhecer mais sobre a metodologia e os materiais de ensino oferecidos aos seus alunos. Nos cursos de pós graduação em psicopedagogia institucional EAD, algumas faculdades oferecem além das videoaulas, livros impressos. Essa é uma boa maneira de completar os estudos e não depender do acesso a internet para aprender.

Psicopedagogia institucional x psicopedagogia clínica

Mas, antes de encerrar este post, vamos falar um pouco sobre as diferenças entre psicopedagogia institucional e psicopedagogia clínica. Afinal, você pode se deparar com esses dois termos e ficar confuso em relação a isso. Então, vale a pena compreender melhor o assunto.

Dessa forma, podemos dizer que a principal diferença entre essas duas modalidades da psicopedagogia é o local de atuação do profissional depois de formado. Afinal, as duas áreas têm como objetivo compreender o processo de aprendizagem e atuar de forma preventiva contra os problemas que podem aparecer ao longo da aquisição de conhecimentos dos indivíduos.

Sendo assim, você já sabe que o psicopedagogo institucional pode trabalhar em escolas, dando assistências aos educadores e demais profissionais da instituição de ensino. Esse profissional também pode trabalhar em ONGs e centro comunitários.

Já o psicopedagogo clínico atende crianças, jovens e adultos em consultórios e clínicas especializadas. Sendo assim, o seu objetivo é realizar diagnósticos e propor técnicas para remediar o problema de aprendizado. É preciso lembrar que esse trabalho terapêutico é realizado em conjunto com outros profissionais como fonoaudiólogos e psicólogos. Sendo assim, esse segmento se afasta um pouco do ambiente escolar, mas continua ligado a educação em si.

Deixe seu Comentário