• Carreira

    Antes de efetivamente fazer a matrícula e ingressar em uma faculdade, há uma decisão tão, ou até mais importante, a ser feita: escolher qual será a profissão que provavelmente te acompanhará por boa parte da sua vida. Porém, nós sabemos que essa não é uma escolha considerada simples pela grande maioria das pessoas. Por isso, o blog A Arte de Amadurecer possui a categoria “Carreira”, onde traremos sempre postagens especiais de modo a tentarmos te ajudar a como saber que carreira seguir.

    Realmente, decidir por uma carreira profissional é algo que requer bastante reflexão, mas principalmente pesquisa no que diz respeito a possibilidades no mercado de trabalho, atribuições que essa profissão exige, enfim. Existem ainda os famosos testes vocacionais, que também podem te dar uma luz. Porém, o que mais costuma ser fator determinante para essa decisão é simplesmente a vontade e o sonho de atuar naquela determinada função.

    Claro, não são raros os casos em que a pessoa escolhe a carreira a qual irá se dedicar, matricula-se na faculdade, e no meio do caminho nota que não era bem aquilo o que realmente queria. Há até casos mais drásticos, onde percebe que não fez uma boa escolha após formado, já exercendo a profissão. Aí é necessário começar tudo de novo, as vezes optando por uma carreira completamente diferente da que fora escolhida.

    E é exatamente isso que queremos, te ajudar a fazer uma escolha certeira, que não gere arrependimentos futuros, e que faça de você um profissional feliz. Aqui você irá finalmente ter a noção de como descobrir que carreira seguir, podendo então dar sequência ao seu sonho.

    O que é plano de carreira?

    Se a afirmação “não sei qual carreira seguir” ainda faz parte do seu cotidiano, vamos sugerir uma espécie de exercício. Que tal refletir a respeito de onde você se vê no mercado de trabalho nos próximo 5, 10, e até 15 anos? Independentemente de ser como funcionário contratado por uma empresa, como sendo dono do seu próprio negócio, seja como profissional autônomo, ou até mesmo atuando em uma carreira acadêmica, planejar é extremamente importante na busca pela progressão e pela posição que pretende alcançar.

    Então, para que realmente saiba qual profissão quer exercer, qual oferecer mais oportunidades, ou ainda, qual paga os melhores salários, uma boa (e eficaz) dica é traçar um plano de carreira. E isso exige, repetindo o que já afirmamos no início do texto, grandes parcelas de pesquisa e reflexão, de modo a descobrir quais são as metas e objetivos buscados, estabelecendo então o melhor caminho a ser seguido para conquistá-los.

    Uma vez definido esse plano, ele servirá como um fundamental guia para o seu crescimento profissional, desde que, é claro, você compreenda que as metas e objetivos em questão são realistas e tenha bastante foco para atingir o sucesso sem correr o risco de sofrer com percalços no decorrer do trajeto.

    O plano de carreira é tão importante que, não à toa, muitas empresas o utilizam como instrumento para projeção do crescimento de seus profissionais. E isso pode se dar de duas maneiras: com a organização arcando com o desenvolvimento do seu funcionário, ou com o próprio funcionário buscando esse desenvolvimento para si próprio. Essa atitude tem como principais objetivos colaborar para uma evolução no padrão de vida; contribuir para a subida de nível no que diz respeito a cargos, que consequentemente engloba maiores responsabilidades, aumento de salário, e adquirimento de novas habilidades e conhecimentos; possibilidade de experiência internacional; enfim. Porém, para tudo isso, é necessário que a empresa tenha ótimo planejamento, comunicação eficiente, bom networking empresarial, além de disciplina e dedicação para fazer acontecer.

    Porém, obviamente, antes de efetivamente ingressar em uma empresa que oferta a seus funcionários um plano de carreira, é indispensável que você comece fazendo uma autoanálise e crie uma espécie de mapa pessoal, onde irá identificar quais sãos seus valores, motivações, medos, e uma série de outras características. Dessa forma, concluirá quais são as suas principais competências e habilidades adquiridas ao longo, seja de sua jornada acadêmica ou profissional.

    Uma vez isso feito, aí sim, você pode partir para aquela outra importante etapa, sobre a qual também já havíamos falado antes, ou seja, a pesquisa (ou mapeamento), do mercado de trabalho, procurando informar-se acerca da área pretendida, do cargo a ser ocupado, das atribuições a serem exercidas. Assim, acredite, as chances de algo dar errado ou de bater algum arrependimento serão reduzidas a praticamente zero.

    Qual carreira seguir?

    Bom, talvez você ainda esteja se perguntando: mas afinal de contas, qual carreira devo seguir? Bom, para começar a tentar responder é impossível não sermos um pouco repetitivos. Novamente sugerimos, e isso comprova a eficiência do método, que pense a respeito de quais são seus futuros objetivos profissionais. Em qual empresa você almeja conseguir uma oportunidade? Uma vez nela, qual posição pretende ocupar após um determinado período de tempo? Além disso, busque o autoconhecimento, para concluir quais são seus pontos fortes, seus pontos fracos, o que deve fazer para aperfeiçoar o que tem de bom e corrigir o que tem de ruim.

    Terminada essa etapa, será o momento de definir suas estratégicas, avaliando suas qualificações e observando se elas são suficientes para que alcance o cargo almejado, ou seja precisará aprimorá-las de alguma maneira, seja ainda enquanto graduando, ou, caso já seja graduado, buscando uma pós-graduação, uma especialização, um mestrado, ou um doutorado. Porém, lembre-se sempre de ser totalmente honesto e realista nas respostas.

    Outro bom exercício é utilizar casos de sucesso para buscar inspiração. Sim, histórias de pessoas bem-sucedidas tendem a ampliar a motivação para que você futuramente também possa ter uma história de sucesso para inspirar outras pessoas. Observe como esses profissionais alcançaram o sucesso, o que em suas biografias pode ser adequada a sua realidade, enfim. Pode num primeiro momento parecer algo ineficaz, mas não se engane, você verá o quanto isso pode ser benéfico.

    Essa visualização a respeito de como será, ou como você quer que seja, o seu futuro profissional, é importantíssima para que se crie um bom plano de carreira, pois será esse vislumbre que servirá como combustível, como guia, para que você tenha gana de atingir o que se propôs, para que mantenha o foco na jornada até a conquista dos objetivos traçados.

    É tarefa das mais fáceis? Nós sabemos que não! Afinal de contas as exigências são muitas, assim como os obstáculos, mas quem melhor que você mesmo para acreditar e alcançar? Tenha paciência, mantenha-se sempre produtivo seja nos estudos ou na profissão propriamente dita, dessa forma, pode ter certeza, a recompensa chegará bem mais breve do que imagina.

    Construindo uma carreira

    Definida a carreira na qual irá atuar durante boa parte da vida, será chegada então a hora de construí-la. E isso começa, é claro, matriculando-se em uma faculdade. É nela que você irá conhecer toda a parte teórica, terá o primeiro contato com a profissão através das disciplinas práticas ou até mesmo dos estágios realizados em determinado momento do curso, enfim, todo o necessário para, tão logo se forme e tome posse do seu diploma, já esteja apto a ingressar no mercado de trabalho.

    Claro, uma vez formado e já atuando, o ideal para que a construção dessa carreira seja ainda mais sólida é buscar o aperfeiçoamento, fazendo uma pós-graduação, uma especialização, um mestrado, quem sabe até mesmo uma segunda graduação. Isso vai de você perceber a necessidade de incluir esse upgrade em seu currículo, tanto para buscar uma possível promoção na empresa em que estiver contratado, ou para ser visto como melhores olhos por aquelas nas quais venha a se candidatar por uma vaga.

    E por falar em vagas, cargos, funções, vamos te mostrar a partir de agora um dos fatores que mais costuma ser determinante para a escolha de uma carreira: o salário. Claro, sempre existem os bons e os maus momentos, financeiramente falando, mas no geral, algumas áreas conseguem sempre se manter fortes, tanto na quantidade de oportunidades oferecidas, como também, claro, nas remunerações que podem proporcionar a seus profissionais.

    Vale ressaltar que é algo mutável, outras profissões podem de repente ingressarem nessa lista, mas falando especificamente das áreas que costumam se manter estáveis independentemente dos percalços, podemos citar:

    Medicina – as áreas que envolvem saúde e qualidade de vida geralmente garantem aos seus profissionais excelentes remunerações. E claro, quanto maior for a especialização e a experiência, maiores serão os vencimentos. Para se ter uma ideia, a média nacional para profissionais que possuem diploma de Medicina é de R$ 8,4 mil, sendo que cirurgia plástica é a especialidade na qual é possível alcançar os maiores ganhos, podendo bater a marcar dos R$ 18,5 mil. E se você aliar uma graduação a outras formações multidisciplinares pode conquistar cargos mais altos, como Diretor Médico de Hospitais, por exemplo, cuja remuneração pode alcançar nada mais, nada menos que R$ 50 mil mensais.

     

    Engenharia – aqueles que decidem atuar como Engenheiros geralmente fazem jus a excelentes oportunidades e vencimentos, principalmente se optarem pela Engenharia Ambiental ou a Engenharia de Petróleo e Gás, que são as duas que, no cenário atual, têm um maior destaque se comparadas às demais. O primeiro tem remuneração inicial média de pouco mais de R$ 5 mil, enquanto o vencimento médio do segundo é de algo em torno dos R$ 15 mil, podendo ainda, caso alcancem postos de gerência, chegar aos R$ 60 mil.

     

    Direito – quem se forma nessa área pode conquistar excelentes oportunidades seja na iniciativa privada ou no funcionalismo público, uma vez que são muitas as vagas oferecidas em concursos. Especializar-se em Direito Empresarial, Direito Internacional, Direito Tributário ou Direito Civil pode garantir possibilidades ainda melhores, tanto no que diz respeito a facilidade de ingresso no mercado de trabalho, como também, é claro, em relação a mais altos salários. Quer exemplos? Então vamos lá! Um Assessor Jurídico ou Advogado Empresarial podem ganhar até R$ 7 mil. Já um Diretor Jurídico do mercado financeiro pode alcançar até R$ 40 mil mensais.

     

    Administração – uma das áreas com maior número de matrículas em faculdades, principalmente nas de modalidade EAD, e ao mesmo tempo, com maior número de oferta de vagas no mercado de trabalho. É bastante difícil que um bom Administrador não consiga uma colocação. Quem segue essa carreira pode optar em atuar nos mais variados setores, como o da Economia, por exemplo. A média salarial de um Supervisor Administrativo é de cerca de R$ 5 mil, de um Consultor Financeiro R$ 7 mil e, caso chegue a Diretor Financeiro, pode garantir vencimentos de até R$ 30 mil. Isso falando de empresas privadas. Nos órgãos públicos esses números podem vir a serem até maiores.

     

    Tecnologia da Informação – eis uma área bastante valorizada, repleta de boas oportunidades e, consequentemente, ótimas remunerações. Os profissionais de Tecnologia da Informação, ou TI, como preferir, também têm grande facilidade de conseguir uma boa colocação, seja contratados por grandes empresas ou agindo de forma autônoma. Um Analista de Sistemas, por exemplo, inicia a carreira com ganhos médios de R$ 4,2 mil, podendo em apenas três anos ver esse valor subir para R$ 7 mil. Mantendo-se por mais algum tempo, mais especificamente com dez anos de experiência, o salto pode chegar aos R$ 17 mil.

    Lembrando que as áreas e profissões acima citadas não configura que apenas essas ofereçam boas oportunidades. Muito pelo contrário! Elas são apenas algumas, que utilizamos como exemplos, para mostrar que há sim possibilidades de alcançar bons cargos, garantir ótimos salários, e claro, ter uma carreira de sucesso.

    Mais uma vez queremos convidar você a ficar sempre ligado no blog A Arte de Amadurecer, pois assumimos o compromisso de trazer as principais notícias e artigos para te ajudar não apenas a escolher, construir e alavancar a carreira. Seguindo nossas dicas temos certeza que o seu futuro profissional será promissor, refletindo também positivamente em sua vida pessoal, uma vez que terá prazer em atuar na profissão que escolheu e será muito bem remunerado por isso, podendo dessa forma, realizar os seus sonhos e os de sua família.

  • Quanto tempo dura uma faculdade de pedagogia ead?

    Para quem deseja ingressar em uma faculdade na área de educação, mas precisa conciliar os estudos com o trabalho, o curso de pedagogia ead costuma ser uma ótima opção por proporcionar autonomia e flexibilidade. Isso porque, a modalidade de ensino a distância permite que você estude onde e quando quiser! Então, para que você possa […]

    VEJA +
  • Como as novas tecnologias afetam o trabalho do pedagogo?

    Como já é de conhecimento mundial, todos temos vivido momentos de preocupação e apreensão nos últimos tempos. E situação de pandemia afeta a vida de todos no que diz respeito ao contexto pessoal, e claro, muito também na parte profissional. A grande maioria das áreas têm precisado se adequar a uma nova realidade, onde o […]

    VEJA +
  • Como a pandemia afetou a área da Pedagogia?

    Como todos sabemos, não apenas o Brasil, mas todo o mundo, tem vivido uma época extremamente difícil e triste por conta da Covid-19 que, infelizmente, tem infectado e tirado a vida de milhões de pessoas. Mas além das questões de saúde, as empresas e, consequentemente os empregados, também têm sofrido bastante, inclusive os que atuam […]

    VEJA +
  • Como é um curso de Licenciatura em Pedagogia a distância?

    Entra ano, sai ano, e o número de novos alunos que decidem ingressar em Licenciatura em Pedagogia a distância segue sendo muito expressivo. Para se ter uma noção, ela já assumiu a primeira posição em número de matrículas tendo ultrapassado Administração e Direito, que ficaram por bastante tempo no topo. Contudo, ainda são muitas as […]

    VEJA +
  • Entrevista de emprego online: como se dar bem?

    Com a situação atual do Brasil e do mundo, a entrevista de emprego online surgiu como uma boa opção para manter as atividades de contratação da empresa e evitar a aglomeração. Sendo assim, precisamos falar como se preparar para uma entrevista de emprego online. Afinal, apesar do objetivo se manter o mesmo da entrevista presencial, […]

    VEJA +
  • Como o diploma de graduação EAD é visto pelo mercado de trabalho?

    Apesar de já ser uma modalidade escolhida por milhões de alunos, tendo inclusive em vários cursos mais matriculados do que na modalidade presencial e, de acordo com pesquisas, em poucos anos será a mais optada no geral, o ensino superior a distância ainda gera algumas dúvidas em muitas pessoas. Uma delas, e a que costuma […]

    VEJA +
  • Carreiras em alta: um guia para quem precisa escolher sua profissão

    Nesse texto vamos te contar tudo sobre planejamento de carreira, carreira profissional, qual carreira seguir, qual profissão seguir, qual profissão ganha mais, enfim tudo o que você precisa saber tanto para ingressar no mercado de trabalho como para mudar de profissão! PLANEJAMENTO DE CARREIRA Para começar a pensar sobre sua carreira profissional é interessante que […]

    VEJA +